Reflexão Cristã

  • Quem é Deus?

    a) É espirito: Joao 4:24 - Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e Read More
  • O que é necessário para se chegar a Deus?

    a) Arrependimento 2 Cr 7:14 - E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, Read More
  • 1

Reflexão Cristã

  • Quem é Deus?

    a) É espirito: Joao 4:24 - Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e Read More
  • O que é necessário para se chegar a Deus?

    a) Arrependimento 2 Cr 7:14 - E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, Read More
  • 1

a)      É espirito:

Joao 4:24 - Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

2 Coríntios 3:16-17 - Contudo, quando alguém se converte ao Senhor, o véu é retirado. O Senhor é o Espírito; e onde quer que o Espírito esteja, ali há liberdade. King James

b)      É indescritivelmente santo:

“ Êxodo 33:17-23 - Então Yahweh declarou a Moisés: “Farei ainda o que me pede, porquanto verdadeiramente tenho me agradado de ti e conheço-te pelo nome!” 18Moisés então suplicou a Yahweh: “Rogo-te que me reveles a tua Glória! ” 19E o SENHOR orientou-o: “Farei passar diante de ti toda a minha benevolência, e diante de ti proclamarei o meu Nome – Yahweh, o SENHOR. Terei misericórdia de quem Eu decidir ter misericórdia, e terei compaixão de quem Eu desejar ter compaixão! ” 20 acrescentou: “Não poderás ver a minha face, porque o ser humano não pode ver-me e permanecer vivo !” 21E concluiu o SENHOR: “Eis aqui um bom lugar junto a mim; põe-te sobre a rocha. 22Quando passar a minha Glória, Eu te colocarei em uma fenda da rocha e te cobrirei com a palma da mão até que Eu tenha passado. 23Depois tirarei a palma da mão e me verás pelas costas. Minha face, todavia, não se poderá ver! ” King James

Por sua Indescritível Glória e Santidade, Cristo é a imagem mais próxima que Yahweh revelou de si mesmo aos homens.

João 1:18 - Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

c)       Único em tudo que existe:

Nenhuma das criações possuem semelhança ao Deus todo poderoso em sua essência. Seu poder, domínio, conhecimento, amor, misericórdia, justiça, santidade, gloria e interação com os homens são únicos

“ 1 Reis 18:39 - O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus! ”

d)      A existência, manutenção e equilíbrio de tudo está em suas mãos. Ele tem tudo em seu controle.

Colossenses 1:16,17 - Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

e)      Não pertence a este mundontrole.,deroso em sua essencia, sendo maior, que toda sua criação.

 

“Tudo que conhecemos e até o que imaginamos é antes da habitação do Senhor. O Universo em toda sua extensão e complexidade, é obra de sua criação, estando fora da habitação do Senhor; Os que pretendem conhecer a capital do Reino de Deus, que está além dos limites do universo, precisam primeiro aceitar e carregar os valores e padrões desta sociedade celestial que é antes de todas as criações”

2 Coríntios 12:2 - Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu.

1 Reis 8:27- Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus (atmosfera), e até o céu dos céus (universo), não te poderiam conter (o universo é pequeno para Deus), quanto menos esta casa que eu tenho edificado.

João 17:14 - Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.

João 3:13 - Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.

Salmos 115:16 - Os céus são os céus do Senhor; mas a terra a deu aos filhos dos homens.

Neemias 9:6 - Só tu és Senhor; tu fizeste o céu, o céu dos céus, e todo o seu exército, a terra e tudo quanto nela há, os mares e tudo quanto neles há, e tu os guardas com vida a todos; e o exército dos céus te adora.

Salmos 68:33 - Àquele que vai montado sobre os céus dos céus, que existiam desde a antiguidade; eis que envia a sua voz, dá um brado veemente.

 

f)       Revelações de sua Grandeza e Gloria.

 

Para Ezequiel:

 

Ezequiel 1:26-28 - E por cima do firmamento, que estava por cima das suas cabeças, havia algo semelhante a um trono que parecia de pedra de safira; e sobre esta espécie de trono havia uma figura semelhante a de um homem, na parte de cima, sobre ele.

E vi-a como a cor de âmbar, como a aparência do fogo pelo interior dele ao redor, desde o aspecto dos seus lombos, e daí para cima; e, desde o aspecto dos seus lombos e daí para baixo, vi como a semelhança de fogo, e um resplendor ao redor dele.

Como o aspecto do arco que aparece na nuvem no dia da chuva, assim era o aspecto do resplendor em redor. Este era o aspecto da semelhança da glória do Senhor; e, vendo isto, caí sobre o meu rosto, e ouvi a voz de quem falava.

 

Ezequiel 8:1,2 - Sucedeu, pois, no sexto ano, no sexto mês, no quinto dia do mês, estando eu assentado na minha casa, e os anciãos de Judá assentados diante de mim, que ali a mão do Senhor DEUS caiu sobre mim. E olhei, e eis uma semelhança como o aspecto de fogo; desde o aspecto dos seus lombos, e daí para baixo, era fogo; e dos seus lombos e daí para cima como o aspecto de um resplendor como a cor de âmbar.

 

Ezequiel 10:1 - Depois olhei, e eis que no firmamento, que estava por cima da cabeça dos querubins, apareceu sobre eles uma como pedra de safira, semelhante a forma de um trono.

 

Para Isaias:

 

Isaías 6:1-8 - No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e a cauda do seu manto enchia o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos. Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

 

Para Daniel:

 

Daniel 7:9,10 - Eu continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e um ancião de dias se assentou; a sua veste era branca como a neve, e o cabelo da sua cabeça como a pura lã; e seu trono era de chamas de fogo, e as suas rodas de fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e milhões de milhões assistiam diante dele; assentou-se o juízo, e abriram-se os livros.

 

Daniel 7:13,14 - Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.

E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.

 

Para João na Ilha de Patmos:

 

Apocalipse 4:2-11 - E logo fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono. E o que estava assentado era, na aparência, semelhante à pedra jaspe e sardônica; e o arco celeste estava ao redor do trono, e parecia semelhante à esmeralda.

E ao redor do trono havia vinte e quatro tronos; e vi assentados sobre os tronos vinte e quatro anciãos vestidos de vestes brancas; e tinham sobre suas cabeças coroas de ouro.

E do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus. E havia diante do trono um como mar de vidro, semelhante ao cristal. E no meio do trono, e ao redor do trono, quatro animais cheios de olhos, por diante e por detrás. E o primeiro animal era semelhante a um leão, e o segundo animal semelhante a um bezerro, e tinha o terceiro animal o rosto como de homem, e o quarto animal era semelhante a uma águia voando. E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir.

E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre, Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.  

 

Conclusões:

Aqueles que almejam está com o Senhor, precisam primeiro, entender que os valores de Deus são maiores e mais altos que tudo que se conhece. Os padrões de sua morada são em tudo excelentes, e os que habitam neste lugar, vivem plenamente dentro destes valores. Nada imundo ou que possa contaminar chegará neste lugar. Como diz as escrituras: Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. Salmos 24:3-4

Uma visão ou interpretação errada de quem é o todo poderoso, nos levará a muitos erros, estes nos levarão a praticas inaceitáveis para a justiça e santidade do Senhor, características inseparáveis a quem ele é. Deus não pode negar a si mesmo e isso é o que tem nos mantido vivos na sua presença.

O resultado de visões e interpretações erradas de QUEM È DEUS podem ser vistos no êxodo dos hebreus com as seguintes características; uma falsa e abominável adoração, murmuração, idolatria, falta de dependência e fé, crença que o hoje com Deus é pior que o ontem sem ele, satisfação com a atmosfera de milagres e distanciamento da presença real e Santa de Deus, e por fim, necessidade de intercessão de um homem de Deus para suprir a falta de relacionamento entre povo e Deus.

John Bevere, Teólogo e escritor americano, fala e escreve sobre este tema no Livro Temor ao Senhor, base do curso apresentado pela Isom (International School of Ministry) presente na grade curricular do curso internacional de teologia da editora central gospel.

Citando o texto Bíblico do livro do êxodo, capitulo 32, John Bevere afirma;

·         A palavra hebraica Elohim aparece, aproximadamente, 2250 vezes no Antigo testamento. Dentre essas, 2.000 vezes referindo-se ao Deus Todo-Poderoso e 250 vezes aos falsos deuses (Ex: 32.4b).

·         Arão deu forma ao ouro dos israelitas utilizando uma ferramenta e, com ela, fez um bezerro. (Ex 32.4, 21-24).

·         Ele construiu um altar para que o bezerro moldado fosse adorado. Ele fez uma festa para celebrar ao Senhor, hb. Yahweh. (Ex 32.5).

- Yahweh: o nome Santo de Deus. Arão chamou o bezerro de Yahweh. Arão reduziu a imagem de Deus a um bezerro de ouro. Essa atitude foi abominável, pois profanou o nome e a pessoa de Deus.

John Bevere justifica esses comportamentos dizendo;

·         Um líder que não gasta tempo na presença do Senhor concede ao povo as suas vontades, não a vontade de Deus. (Ex321-6).

·         Arão foi criado no Egito durante 83 anos de sua vida. Naquela nação, objetos eram adorados e considerados a imagem dos deuses egípcios.

·         Arão não denominou o bezerro como um deus egípcio, atribuindo ao Deus de israel uma imagem mundana. A imagem que Arão tinha de Deus era formada pela Sociedade de onde ele saiu.

·         Deus queria que Moises e Arão subissem a montanha (Ex 19:24). Arão voltou para o acampamento, pois se sentia mais confortável diante do povo do que na presença de Deus. (Ex 20.21).

·         Moises subiu o monte e ali permaneceu por quarenta dias e quarenta noites. (Ex 24.18).

·         Os filhos de Israel viram e experimentaram os milagres mais poderosos da história da humanidade. (Ex 7:14 – 12:32; 13:21-22; 14:21-22). O Povo não suportou a glória de Deus. Eles amavam a atmosfera de milagres, mas não a presença da glória divina. (Ex 20: 18-21).

·         É possível esconder o pecado em uma atmosfera de milagres, mas é impossível mantê-lo encoberto diante da gloria de Deus (Lc 12.2,4,5).

 

(Bevere, John, Temor ao Senhor, Rio de Janeiro: Central Gospel, 2014. p.21-23)

 

por: Pr. José Falcão